Troca de piadas.

então você se acha um cara legal, descolado, inteligente e engraçado não é mesmo? acha que tem todos os estilos e todas as tiradinhas engraçadas. se acha o verdadeiro comediante para alegrar as festas de crianças e qualquer descerebrado. mas encare a verdade, você não é um cara engraçado, sua felicidade é só um escudo para a sua tristeza, seus sonhos são mentiras mal contadas. olhar para você me dá nojo. não que eu esteja desprezando você. não, jamais faria tal coisa. estou sendo apenas realista.
ah, mas você sabe contar piadas? é mesmo? e o povo gosta das suas piadas? que bom! você sabe contar piadas de portugueses e loiras burras, sabe contar sobre bichinhas taradas e até sabe contar piadas de humor negro sobre ceguinhas, bebês natimortos e crianças africanas. sim, boas piadas. eu também sei contar piadas. quer ouvir uma? ok. aí vai.
um menino, jovem, de seus 11 anos, uma vez estava com seus colegas jogando bola. o futebol das crianças. depois do joguinho bateu aquela fome, sabe? então eles resolveram que iriam pular o muro do vizinho para pegar algumas mangas e matar a fome. o vizinho sempre foi um cara gente fina, sempre deixava eles pegarem frutas e essa coisa toda. as crianças foram. 5. pularam o muro e subiram a mangueira frondosa. o vizinho apareceu, cumprimentou as crianças. depois de algum tempo elas desceram. todas as 5. subiram o muro para voltar para casa (não queriam dar trabalho ao vizinho, mas ele insistia, tanto que havia se levantado para abrir o portão) quando o vizinho ataca uma das crianças com uma foice. atacou primeiro suas pernas, depois o pescoço e depois a cabeça. deixando exposto o encéfalo da criança. a criança urrava como um porco sendo abatido. a cada golpe ela gritava mais e mais e mais. e o vizinho sorria e a cada golpe seu sorriso se alargava, mostrando seus dentes amarelos. depois, ainda ensopado de sangue da criança, sentou-se calmamente na cadeira de balanço de onde observou as crianças na árvore e fez para si um cigarro, acendeu um fósforo e fumou.
é uma boa piada.
você não vê a graça?
ora, onde está o seu senso de humor?

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Troca de piadas.

  1. tati_voronkoff disse:

    oush.
    acho que não tenho senso de humor, haha, não achei engraçada.
    😛
    voei.

  2. anonymous disse:

    piada moderna…rs

    vinicius

  3. anonymous disse:

    noossa, que medo desse vizinho.

    é, não tenho senso de humor e nem sei contar piadas. confesso.

    :* primo

  4. anonymous disse:

    Ainda prefiro a da Ceguinha :B

  5. anonymous disse:

    asjdlkasjkldjaskljdlkajsdlkjaskldjklasjdklsajdklasjdkljaslkdjaslk
    vamos mandar essa pro professor!

  6. anonymous disse:

    Cara que trash…
    descobri que naum tenho senso de humor…

    Flw!

    Tuku.

  7. anonymous disse:

    Sinto um pouco de sono. Mas eu vou ler o texto, juro. O do Plínio tá foda, tirando a ostra! Loviu!

  8. anonymous disse:

    POXA NAO ENTENDI A GRAÇA

    HAUAHUAHAUHA

    quando atualizar me diga seu zezinhow….tu tirou o link do perfil no orkut aí fica dificil

    hauhauhaua

    flw piw…

  9. anonymous disse:

    hm..
    acho que eu tenho sérios problemas
    (sem comentários)

    Denise Xavier, estudante de Direito e devaneadora nas horas vagas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s