frio.

“se é por falta de adeus pode ir embora desde já.”

lembro do que senti quando ouvi o primeiro verso da canção. lembro porque até hoje sinto o frio enorme que congela a espinha quando ela começa. porque nada mudou desde a primeira vez até agora. e nenhuma das vezes a sensação foi mais ou menos intensa. ela foi e é simples e completamente verdadeira. e eu me vi escutando aquilo e me senti escorrer pelo chão, evaporar e sumir no ar, me tornar pó, do pior tipo de pó, aquele que jamais segue adiante. pó ao vento que se espalha e nunca se une. e até hoje eu sinto que é impossível se recompor de algo assim.

na época eu também pensei que aquela era a pior coisa a ser ouvida, nada no mundo seria piorque aquilo, a dor e a humilhação jamais se superariam e nenhuma frase jamais conteria tamanho desprezo e tanta inocência maldosa quanto aquela.

obviamente eu estava errado.

hoje em dia eu sei muito bem – bem mais do que gostaria de saber, mas nunca o suficiente para saber demais – que não é bem assim e que há inúmeras coisas piores do que uma simples verdade : as verdades complicadas.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

4 respostas para frio.

  1. Temos a terrível mania de diminuir as dores passadas e só considerar mortífero o que de ruim nos acontece no momento presente.

    somos uns bichos loucos.

  2. carol disse:

    acontece o mesmo comigo. acho que com todos né.

    beijo, primo

  3. nelsonnetto disse:

    cara…

    verdade complicada ou simples fode tudo.
    as vezes deixamos ela simples ou complicamos ela…
    mas é foda…
    porra…
    esqueci o que ia falar, mas era algo do tipo que eu acho estranho a verdade nos libertar e nos foder ao mesmo tempo, saca?

    pois além da verdade só resta o pó.
    e como pode o pó seguir adiante?

  4. tati disse:

    porra, é verdade. as verdades complicadas véi, são fodas demais =(

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s