Arquivo do autor:v.

Carta a um amigo.

caro amigo, já não sei há quanto tempo não escrevo para você, mas acontece que hoje, enquanto escutava a uma antiga música recém descoberta por mim, somente o teu rosto me veio à mente, e não pude controlar o impulso … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

“q tc?”

nas horas de solidão costumava entrar em sites de bate papo. esse era um hábito que adquiriu no início do quadro de insônia e já se prolongava há meses. nas salas de conversa ele se sentia melhor consigo mesmo: no meio … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Em seus braços.

ao deitar, após trancar-se em seu quarto ainda cedo da noite, a fim de distanciar-se do mundo, estava acompanhado de seus pensamentos: esse era um tipo de solidão que costumava cultivar, por acreditar ser produtiva para si, sua melhor companhia. comportamento esse de caráter mais autodestrutivo que construtivo: … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Ir.

“eu quero ir.” “ir pra onde?” “embora.” “ir embora?” “ir embora.” “e pra onde?” “não sei. só embora.” “e por quê?” “porque hoje acordei pensando que talvez o melhor fosse ir embora.” “de onde? para onde? você vai me deixar, … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 3 Comentários

virgínia revisitada.

já li hemmingway. não sei você, mas da última vez que pensei em perguntar, que perguntei, na verdade, nem você nem eu havíamos lido. acontece que o tempo passou e os livros vieram e se foram. antes fossem só os … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Telefonema.

alô? alô. oi. oi. e aí? como tá? indo. e você? também. fazendo? nada demais. e você? pensando. certo. pensando em fazer um café, daqueles bem fortes, bem cheios de aroma e sabor, para incensar a casa toda, sabe? aham. … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 5 Comentários

poeira.

meu quarto é podre. sobre tudo há uma camada de poeira, algumas finas, outras mais grossas, mas nada escapa: livros, roupas, sapatos, sandálias, a mesa, o notebook. há uma caixa de livros que tenho há um ano e meio: ela … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário